Diretor de País do PNUD no Brasil

DIRETOR DE PAÍS DO PNUD NO BRASIL

Didier Trebucq é diretor de país (country director) do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil desde 11 de janeiro de 2016.

Atuando há mais de 13 anos no PNUD, foi representante residente adjunto no Peru (2010 – 2015), onde - dentre outros – liderou o apoio prestado pelo PNUD na organização da Conferência Mundial sobre Mudança Climática COP20, em Lima; foi representante residente adjunto na Guiana (2008-2010) e também trabalhou na cooperação programática regional juntamente com a CARICOM (Comunidade dos Estados Caribenhos); além disso, assumiu o posto de representante residente interino do PNUD na Guiana, por oito meses. Foi líder de equipe do PNUD para recuperação pós-tsunami no sul da Índia (2005-2008) e oficial de programa para Prevenção de Crises e Recuperação no PNUD Índia (2002-2005). Ingressou duas breves missões nas Ilhas Salomão (2007) e em Burkina Faso (2009), com o objetivo de prestar apoio aos dois países e seus respectivos escritórios do PNUD no desenho de estratégias de recuperação e coordenação de assistência humanitária pós-desastre.

Antes de ingressar no Sistema das Nações Unidas, foi chefe de delegação da Cruz Vermelha na Colômbia e no Equador, administrador do Médicos sem Fronteiras no Quirguizistão e no Tajiquistão e, durante cinco anos, executivo no setor de bancos privados na França.

De nacionalidade francesa, Trebucq é economista e mestre em Ciência do Desenvolvimento Sustentável, com especialização em Economia do Meio Ambiente pelo Imperial College London, no Reino Unido, e mestre também em Administração de Negócios pelo Institut Francais de Gestion, na França.