Voluntários das Nações Unidas

Todos os anos, mais de 7.000 mulheres e homens qualificados de mais de 170 nacionalidades e com grande experiência profissional  servem como Voluntários da ONU em mais de 140 países. Eles contribuíram para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM): reduzindo a pobreza, fomentando a governança democrática, promovendo políticas ambientais, fortalecendo recursos para prevenir e responder a crises e lutando contra o aumento de doenças como o HIV/AIDS. Agora, após os 193 países-membros da ONU terem aprovado e adotado a Agenda 2030 para os próximos 15 anos, esses voluntários contribuem para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Voluntários internacionais

60% dos voluntários da ONU servem em países diferentes dos seus. Eles são recrutados por suas especialidades profissionais para atuar em programas de desenvolvimento, de manutenção da paz, de assistência humanitária e em processos eleitorais apoiados pela ONU. O VNU mantém um banco de candidatos com relevante experiência nessas áreas e que cobre mais de 100 categorias profissionais. Para fazer parte do banco de dados, acesse o site www.unv.org.

Voluntários nacionais

40% dos voluntários da ONU servem em seus próprios países e apoiam as iniciativas de construção de capacidades locais, além de facilitar o estabelecimento de redes locais e de troca de informações. O recrutamento de voluntários nacionais é gerenciado localmente. As vagas nacionais são divulgadas no site do PNUD Brasil http://pnud.org.br/Oportunidades.aspx.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue