Parceiros do Protocolo de Montreal no Brasil preparam programação especial para celebrar dia pela preservação da camada de ozônio

8/set/2016

“Trabalhando para a gestão dos HFCs, gases de efeito estufa, no âmbito do Protocolo de Montreal” é o tema da data neste ano. Foto: Keven Gill/ Flickr

Em 16 de setembro, comemora-se o Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio. No Brasil, o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a GIZ (agência de cooperação da Alemanha), UNIDO (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial) e PNUD organizam programação especial que contará com palestras sobre o HFC e o Protocolo de Montreal, a importância do setor privado para a preservação da camada de ozônio, e apresentará os resultados da implementação da Primeira Etapa do Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs (PBH).

O lema do dia mundial neste ano é “Trabalhando para a gestão dos HFCs, gases de efeito estufa, no âmbito do Protocolo de Montreal”, reconhecendo assim os esforços coletivos da Convenção de Viena e do Protocolo de Montreal para a restauração da camada de ozônio nas últimas três décadas e o compromisso global para combater a mudança global do clima.

Como resultado dos esforços internacionais, a camada de ozônio está se refazendo e espera-se que esteja recuperada até meados deste século. Além disso, o Protocolo de Montreal tem contribuído significativamente para a mitigação da mudança do clima, evitando a emissão de mais de 135 bilhões de toneladas de dióxido de carbono equivalente na atmosfera por meio da eliminação progressiva de substâncias danosas à camada de ozônio.

Na ocasião, também será lançada a segunda etapa do PBH, além de ser entregue um certificado de reconhecimento para as empresas beneficiadas pelo Programa e que realizaram a conversão do HCFCs e de outros gases danosos à camada de ozônio.

Sobre os HCFs

Os HFCs são substâncias sintéticas que não destroem a camada de ozônio, mas que contribuem para o aquecimento global. São utilizados em aparelhos de ar condicionado, refrigeração, espumas e aerosol, e foram introduzidos no mercado como substitutos de algumas substâncias que destroem a camada de ozônio, como os HCFCs.

Desde 2015, as partes do Protocolo de Montreal iniciaram as negociações de uma emenda ao Protocolo para realizar o controle da produção e consumo dos HFCs. Um acordo no marco do Protocolo de Montreal para reduzir o consumo dessa substância poderia evitar a emissão para a atmosfera de aproximadamente 150 gigatoneladas de dióxido de carbono equivalente (CO2 eq) até 2050 e impedir o aumento de até 0,4º C na temperatura média da Terra até o fim do século, sem deixar de proteger a camada de ozônio.

Serviço

Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio

 

do PNUD

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

A ex-República jugoslava da Macedônia Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Suazilândia Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue