Fundo de Mulheres do Sul seleciona projetos sobre igualdade de gênero, em apoio à Agenda 2030

2/mar/2017

Foto: Tiago Zenero/ PNUD Brasil

O Fundo de Mulheres do Sul (FMS) divulgou sua primeira Chamada de Propostas do Programa Liderando desde o Sul e convida grupos, organizações e redes locais dirigidas por mulheres a apresentarem propostas inovadoras e de alto impacto, com foco na defesa e promoção da igualdade de gênero. A iniciativa enfatiza a implementação da Agenda 2030 e os ODS. Tanto grupos nacionais quanto regionais podem participar. As candidaturas devem ser feitas em língua espanhola ou inglesa até o próximo dia 20 de março.

A Chamada de propostas pretende promover os ODS 1 (Erradicação da pobreza), 2 (Fome zero e agricultura sustentável), 3 (Saúde e bem-estar), 4 (Educação de qualidade), 5 (Igualdade de gênero), 6 (Água potável e saneamento), 7 (Energia limpa e acessível), 8 (Trabalho decente), 9 (Indústria, inovação e infraestrutura), 12 (Consumo e produção responsáveis), 13 (Ação contra a mudança global do clima), 15 (Vida terrestre), 16 (Paz, justiça e instituições eficazes) e 17 (Parcerias para os meios de implementação).

Na América Latina e no Caribe, o FMS entregará três tipos de doações de acordo com a categorização das organizações de mulheres estabelecidas para esse programa: grandes organizações, organizações de porte médio e organizações de base. Direitos humanos, desenvolvimento sustentável, perspectiva de gênero, empoderamento das mulheres, diversidade, multiculturalismo e intersetorialidade são as abordagens esperadas das propostas inscritas.

Será dada especial atenção às iniciativas que enfatizarem o compromisso de trabalhar com mulheres e jovens que enfrentam discriminações política, econômica, social, cultural e territorial. As propostas que promovam redução da discriminação de mulheres afrodescentes, indígenas, agricultoras, portadoras de deficiência e de infecções sexualmente transmissíveis também terão prioridade.

As propostas deverão ser enviadas para: liderando@mujeresdelsur.org. No campo “assunto do email” deverá ser incluído o nome do programa – “Liderando desde o sul” –, seguido do nome da organização candidata. As organizações que se candidatarem receberão confirmação automática de inscrição na Chamada.

Clique aqui para mais informações sobre o edital.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

A ex-República jugoslava da Macedônia Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Suazilândia Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue