Negócios Inclusivos é tema central na agenda do G20

10/mar/2017

Foto: Beto Barata/ Presidência da República/ Agência Brasil

O Relatório do G20 sobre Negócios Inclusivos para a Cúpula de 2016 já pode ser acessado em português. O documento mostra como os negócios inclusivos, tema central na agenda do grupo das 20 maiores economias do mundo, podem apoiar no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os negócios inclusivos – aqueles que integram pessoas da base da pirâmide econômica (BoP) em suas cadeias de valor – ganham destaque na agenda do Grupo em função de sua capacidade ímpar de contribuir de maneira substancial e multidimensional para o desenvolvimento sustentável. Ao conectar segmentos da população de baixa renda com os mercados, os negócios inclusivos promovem um crescimento econômico ao mesmo tempo promissor, sustentável, inclusivo e equilibrado, e têm o potencial de apoiar objetivos do G20, tais como impulsionar o emprego e os postos de trabalho decentes e de qualidade, incluindo mulheres e jovens.

O relatório destaca a falta de financiamento, a qualificação da base da pirâmide (BoP) e a escassez de informações sobre os mercados como os principais obstáculos enfrentados pelos empreendedores. Ampliar o debate sobre o tema é o primeiro passo para a mudança deste cenário. Para tal, o uso de mensagens claras, o fomento à atuação dos países membros nesse setor, o compartilhamento de conhecimento e o desenvolvimento de parcerias são ações essenciais.

A Plataforma Global sobre Negócios Inclusivos (IBG20) tem como objetivo apoiar os gestores públicos e acelerar a adoção de políticas e programas de negócios inclusivos. Suas principais atividades, até o momento, incluíram pesquisas sobre políticas públicas, estudos de casos de países, pesquisas junto às empresas e oficinas para gestores públicos.

O relatório traz questões como: as maneiras pelas quais os negócios inclusivos podem apoiar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos na Agenda 2030; os obstáculos enfrentados pelas empresas que buscam trabalhar com a base da pirâmide econômica e as abordagens políticas e financeiras capazes de fomentar os negócios inclusivos.

Já disponível em português, o relatório pode ser acessado pelo link http://www.iniciativaincluir.org.br/Artigo/181/Relatorio-G20-Negocios-Inclusivos-Cupula-2016.