Frente Nacional de Prefeitos, CAIXA e PNUD assinam protocolo de intenções para o fortalecimento de Consórcios Municipais e alcance da Agenda 2030

25/abr/2017

Assinatura do protocolo aconteceu durante a abertura oficial do IV Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável. Foto: Tiago Zenero/ PNUD Brasil

Durante a cerimônia de abertura do IV Encontro de Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS), nesta terça-feira, em Brasília, a Frente Nacional de Prefeitos, a CAIXA e o PNUD assinaram protocolo de intenções para fortalecer e apoiar o Observatório de Consórcios Públicos no país. O documento, firmado pelo Coordenador Residente da ONU no Brasil e Representante Residente do PNUD no país, Niky Fabiancic, pelo presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Marcio Lacerda, e pelo presidente da CAIXA, Gilberto Occhi, reforça o compromisso assumido pelas instituições de ampliar políticas públicas locais e a implementação da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

No abertura do EMDS, foi exibido vídeo do Secretário Geral da ONU, António Guterres. Na mensagem, Guterres ressaltou o papel dos municípios para o cumprimento da Agenda 2030 e convocou os gestores públicos locais a fortalecerem iniciativas que promovam o combate à pobreza, o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade do planeta.

 “O EMDS consolidou-se como o maior evento de sustentabilidade urbana no país. Nosso foco é disponibilizar aos gestores locais um espaço de troca de experiências e explorar oportunidades para melhorar a eficiência do gasto público. O cumprimento dos ODS  depende fortemente da contribuição de prefeitas e prefeitos”, afirmou o presidente da FNP, Marcio Lacerda.

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, ressaltou o desempenho e o protagonismo dos municípios para o alcance do desenvolvimento sustentável. “Cada vez mais, os municípios têm um papel central na formulação de políticas públicas. E o EMDS é o espaço para essa troca de experiências”, disse.  

Na avaliação do diretor-presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, o desenvolvimento local e regional colabora diretamente para a sustentabilidade. “As micro e pequenas empresas têm um forte potencial para gerar emprego e renda. E isso se reflete diretamente no âmbito regional. Assim, com o fortalecimento desse segmento, há promoção direta do desenvolvimento sustentáve”, afirmou.

Durente a IV edição do EMDS, o PNUD apoia o evento com a promoção de mesas de debates sobre a Nova Agenda Urbana para os municípios, a implementação da Agenda 2030 e dos ODS no âmbito local, a participação feminina na formulação de políticas públicas e as mídias socias como forma de participação social. Durante esta semana, são esperadas mais de sete mil pessoas no encontro, de mais de mil cidades do país.

A assistente representante residente do PNUD, Maristel Baioni, participou do evento por meio do diálogo no formato “TED”, ocasião em que apresentou o tema “ODS na gestão municipal”.

Para conferir as mesas de debates promovidas pelo PNUD, acesse aqui. Mais informçãoes sobre o EMDS podem ser acessada no site do Encontro.


do PNUD