Empreendedores desenvolvem soluções que contribuem para o desenvolvimento humano sustentável e recebem prêmio de PNUD e SEBRAE

5/out/2017

Finalistas da Chamada de Casos Incluir 2017 recebem premiação. Foto: Maria Eduarda Carvalho / PNUD Brasil

Uma transforma o resíduo (cinza) da queima da casca do arroz em carvão ativado de baixo custo para tratamento de água e esgoto, contribuindo para reduzir a falta de saneamento básico no Brasil. Outra implanta hortas em telhados e em paredes, com um sistema de irrigação automatizado e um aplicativo de monitoramento e gerenciamento da pequena plantação. Uma terceira viabiliza o microcrédito produtivo orientado sem juros a microempreendedores na base da pirâmide econômico-social. Essas são apenas três entre as dez iniciativas que PNUD e SEBRAE premiaram na noite de ontem em Brasília.

“O que vemos aqui hoje demonstra claramente que estamos no caminho certo: 860 empresas e potenciais empreendedores se inscreveram na Chamada de Casos Incluir 2017, fruto da parceria entre SEBRAE e PNUD. Entre elas, dez estão sendo reconhecidas hoje pelo seu comprometimento em desenvolver soluções que melhoram as condições de vida de famílias de menor renda”, declarou o Coordenador-Residente das Nações Unidas e Representante-Residente do PNUD no Brasil, Niky Fabiancic, na abertura do evento “Prêmio Destaque Sebrae”, que agraciou os vencedores da Chamada de Casos Incluir, da Iniciativa Incluir, do PNUD, e do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas – MPE Brasil.

O presidente do SEBRAE, Guilherme Afif Domingos, destacou a relevância dos micro e pequenos empresários, que, segundo ele, fazem parte da solução e não dos problemas da crise econômica no país. “Aqui, estamos vendo a emoção de quem tem amor pelo que faz e tem coragem. Coragem é agir pelo coração e colocar a alma no que se está fazendo. E essa é a marca do empreendedorismo no Brasil”, afirmou Afif Domingos.

Premiados da Chamada de Casos Incluir (por categoria):

  • Ideia inovadora:

FIRGUN - Viabiliza o microcrédito produtivo orientado sem juros à microempreendedores na base da pirâmide econômico-social no formato peer-to-peer.

  • Negócio de impacto social:

CARBORROZ – Transforma o resíduo da queima da casca do arroz em carvão ativado de baixo custo para tratamento de água e esgoto, contribuindo para reduzir a falta de saneamento básico.

  • Negócio com solução de impacto ambiental:

VIANATUS - Implanta hortas em telhados e em paredes, com um sistema de irrigação automatizado e um aplicativo de monitoramento e gerenciamento da pequena plantação.

  • Negócio de impacto em escala:

SMARTMEI - Oferece serviços de contabilidade sem qualquer custo para o microempreendedor individual e produtos financeiros simplificados a preços justos.

  • Negócio com solução de impacto rural:

ADAPTA Sertão - Intensifica a produção de leite na região do semiárido e diminui as flutuações produtivas para tornar os produtores do semiárido mais resilientes à mudança do clima.

  • Negócio inclusivo na cadeia de valor:

SALADORAMA - Democratiza o acesso a educação nutricional e alimentação mais saudável e acessível a todos, particularmente à população de menor renda.

 

Reconhecimento especial:

  • Juventude de impacto: 

MORADIGNA - Negócio de impacto social desenvolvido por jovens, ajuda a resolver os problemas relacionados à construção, que causam insalubridade aos moradores de comunidades residentes na periferia dos grandes centros urbanos.

  • Mulheres de impacto:

MUDA MEU MUNDO - Empreendedoras facilitam o comércio justo dos produtos de pequenos agricultores familiares do Estado do Ceará, particularmente produtos processados por mulheres das comunidades locais.

  • Soluções para a melhor idade:

MATURIJOBS - Auxilia na solução do problema da falta de oportunidade de trabalho no mercado para pessoas acima de 50 anos.

  • Integração dos ODS: 

CONSTRUÇÃO DE TECNOLOGIAS SOCIAIS AGROECOLÓGICAS NO INTERIOR DO MARANHÃO - Desenvolve soluções construtivas de apoio à agricultura família para melhorar as condições de trabalho e a qualidade de vida no campo.