ONU procura jovens líderes para impulsionar implementação de objetivos globais

10/out/2017

Organização irá selecionar globalmente 17 jovens que trabalham pela implementação dos ODS. Foto: Young Leaders.

As Nações Unidas estão com inscrições abertas para a segunda turma do programa “Jovens Líderes para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável”. As inscrições vão até 3 de novembro. Podem se inscrever jovens líderes do mundo todo, que tenham entre 18 e 30 anos de idade (completos até 31 de dezembro de 2017) e promovam iniciativas para combater a mudança do clima, a erradicação da pobreza e a redução das desigualdades.

Liderada pela enviada especial do secretário-geral da ONU para a juventude, Jayathma Wickramanayake, a iniciativa reconhece todos os anos 17 jovens líderes que estão empreendendo esforços para o alcance dos ODS até 2030. A enviada da ONU anunciou o programa durante a cúpula Um Mundo Jovem (One Young World), realizada na semana passada em Bogotá, na Colômbia.

“Os jovens hoje não são os líderes de amanhã, somos os líderes de hoje”, disse Wickramanayake. “Nunca uma geração esteve tão bem equipada com o conhecimento, a paixão e a tecnologia para colocar o planeta e nossas sociedades em um caminho sustentável. Os jovens são a arma secreta para atingir os Objetivos Globais”, completou.

Atualmente, há 1,8 bilhão de pessoas com idade entre 10 e 24 anos no mundo, maior geração de jovens da história. Esse número deve aumentar: até 2030, cerca de 1,9 bilhão de jovens deve completar 15 anos.

“Para alcançar os ODS, precisamos engajar uma geração de jovens que conhecem os Objetivos Globais, se preocupam com seu sucesso e trabalham ativamente para sua realização”, disse a enviada da ONU.

A primeira turma do programa foi anunciada em setembro de 2016, às vésperas da Assembleia Geral da ONU daquele ano. Com jovens de diferentes regiões, o programa do ano passado trabalhou para mobilizar apoio aos objetivos globais. Clique aqui para saber mais sobre a turma de 2016.

As inscrições para a edição deste ano podem ser feitas aqui. Os 17 selecionados trabalharão com a enviada da ONU para engajar outros jovens no cumprimento dos ODS.

Os candidatos bem sucedidos serão escolhidos com base nos seguintes critérios:

• Demonstradas conquistas na promoção e no avanço do desenvolvimento sustentável.
• Capacidade de comandar um público, influenciar e inspirar seus contemporâneos.
• Influência positiva em seu campo e reputação para liderança inovadora e inclusiva.
•  Comprovada integridade, compromisso com os ODS e valores-chave da ONU.

Sobre a enviada especial da ONU para a juventude

Jayathma Wickramanayake foi nomeada pelo Secretário-geral da ONU como enviada especial para a juventude em junho de 2017, aos 26 anos. Ela trabalha para expandir o engajamento da juventude na ONU por meio de quatro pilares: desenvolvimento sustentável, direitos humanos, paz e segurança e ação humanitária, e atua como representante e assessora do Secretário-geral. Clique aqui para saber mais.