Social Good Brasil promove festival de inovação social em Florianópolis

26/out/2017

Foto: Social Good Brasil/ Instagram

Qual será o futuro da tecnologia? De que forma o uso de dados públicos, inteligência artificial, internet das coisas e novos modelos organizacionais podem gerar impacto social e estimular novos empreendedores? Essas serão algumas questões que palestrantes nacionais e internacionais de renome discutirão durante o 6º Festival Social Good Brasil, no Centro de Inovação ACATE Primavera, em Florianópolis, nos próximos dias 27 e 28. Como as inscrições presenciais já estão esgotadas, os organizadores dão a opção de acompanhar o festival online. Parceiro internacional do Social Good, o PNUD apoia o evento. A gerente do PNUD Brasil, Luciana Aguiar, participará do Social Good Brasil, onde falará de negócios inclusivos.

“Negócios de impacto social tem um grande potencial de transformar realidades e desenvolver soluções que atendem às demandas da sociedade. A Agenda 2030, por meio dos ODS, oferece um conjunto de oportunidades para os empreendedores alinharem suas estratégias, somar esforços com atores estratégicos, bem como para monitorar e comunicar seu impacto”, destaca a gerente do PNUD.  

Além das palestras, o evento, uma promoção do Social Good Brasil, reunirá, neste ano, painéis, rodas de conversa e workshops relacionados à inovação social, assim como atividades culturais e musicais. Em cinco edições, o Social Good Brasil reuniu aproximadamente 6.000 pessoas presencialmente e mais de 35.000 online em todo o mundo.

Dois palestrantes estrangeiros estão confirmados: Jeremy Kirshbaum, do Institute for The Future, e Andrew Means, fundador do movimento internacional Data Analysts for Social Good. Para falar sobre propósito e impacto social está confirmada Adriana Barbosa, fundadora do Instituto Feira Preta e indicada pela iniciativa MIPAD (Most Influential People of Africa Descent), da ONU, como uma das 51 pessoas negras com menos de 40 anos mais influentes do mundo. Além deles, completam a programação Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora; Beatriz Lonskis, surda de nascença e UX Designer do jornal Valor Econômico; Leandro Devegili, cofundador da Data Science Brigade; Edgard Gouveia Jr, presidente da Epic Journey, entre outros.

"Quando começamos o festival, há cinco anos, a novidade eram as novas mídias, o poder social da internet. De lá pra cá, surgiram inúmeros movimentos de cidadania e engajamento cívico digital. A grande questão do momento para a inovação social é a forma como podemos utilizar esta nova onda de tecnologias emergentes para gerar um impacto positivo de maneira exponencial", observa a diretora do Social Good Brasil, Carolina de Andrade.

A edição 2017 do festival será dividida em vários momentos: "Olhar além", para perceber e refletir sobre o que há de inovador no mundo e como conectar essas ferramentas ao contexto local; "Olhar para dentro", com uma série de atividades voltadas ao autoconhecimento; "Mão na massa", a hora das ações práticas e workshops. Completam a agenda a celebração pelos 5 anos do Social Good Brasil e momentos de interação com os participantes dos programas de apoio a impacto social promovidos pelo SGB no último ano.

O Festival é realizado pelo Social Good Brasil, organização que inspira, conecta e apoia indivíduos e organizações para o uso das tecnologias e do comportamento inovador para a solução de problemas da sociedade. São parceiros master do SGB a Fundação Telefônica Vivo e o Instituto C&A. O parceiro sênior é o Grupo Engie. O Social Good Brasil também conta com os apoiadores institucionais Data Science Brigade, Fundação das Nações Unidas, PNUD, United Nations Foundation, ParMais, Feira Preta, Plus Social Good e Red Bull Amaphiko.

SERVIÇO:

O que: 6o. Festival Social Good Brasil

Datas: 27/10 (sexta) das 17h às 21h + show musical 28/10 (sábado) das 8h às 20h + show de encerramento

Local: Centro de Inovação ACATE Primavera. Rodovia SC 401, km 4. Saco Grande - Florianópolis - Santa Catarina.

Valor: O ingresso do evento não tem valor fixo. Para garantir a participação, é necessário fazer uma doação de qualquer valor para o Social Good Brasil. As 100 primeiras pessoas que doarem acima de R$180,00 receberão uma camiseta exclusiva do SGB.

Inscrições: www.sgb.org.br/festival