Especialização em Gestão Pública com ênfase em governos locais está com inscrições abertas até 6 de fevereiro

12/jan/2018

Funcionários públicos municipais responsáveis por tomada de decisão terão a oportunidade de se especializar para ampliar as ações de desenvolvimento sustentável em seus locais de atuação e ampliar a efetividade no atendimento dos direitos da população. A Escola Nacional de Administração Pública (Enap) promove, com o apoio do PNUD, um curso de especialização lato sensu em Gestão Pública com Ênfase em Governo Local. As inscrições podem ser feitas até 6 de fevereiro.

O curso tem o objetivo de aumentar a capacidade dos municípios de utilizar ferramentas e instrumentos de planejamento, orçamento, governança, gestão de riscos, elaboração e monitoramento de projetos, associada a conhecimentos técnicos de gestão pública municipal, de gestão metropolitana, de gestão de políticas de infraestrutura local e de planejamento territorial.

A oficial de programa para Paz e Governança do PNUD Brasil, Moema Freire, explica que “este é o primeiro curso de especialização em Gestão Pública da Enap voltado exclusivamente às necessidades e ao fortalecimento das capacidades de servidores públicos municipais para planejar, implementar, monitorar e avaliar políticas públicas”. O curso contempla ainda formação para implementação, no âmbito local, da Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Serão oferecidas 120 vagas, distribuídas em quatro áreas de concentração: Gestão Pública Local, Gestão Metropolitana, Planejamento Territorial e Infraestrutura Local. Os candidatos deverão ter diploma de graduação em curso de nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e três anos completos de experiência na Administração Pública, no emprego público municipal, distrital ou no consórcio.

A especialização é direcionada a servidores, efetivos ou comissionados, e empregados públicos municipais e distritais e servidores e empregados de consórcios municipais, ocupantes de cargos efetivos e/ou em comissão, em exercício em administração direta ou indireta municipal ou distrital em áreas relacionadas a planejamento, orçamento, gestão, administração, obras, infraestrutura, transporte e planejamento urbano.

As datas previstas para o início das aulas são: 5 de março de 2018 (cursos em EaD) e 19 de março de 2018 (aulas presenciais). Haverá bolsa de ajuda de custo e fornecimento de alojamento.

As inscrições podem ser feitas exclusivamente pela internet. Mais infomações em http://www.enap.gov.br/web/pt-br/especializacao-em-gestao-publica-com-enfase-em-governo-local.

O PNUD é parceiro para a implementação do curso.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

A ex-República jugoslava da Macedônia Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Suazilândia Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue