ANDI - Comunicação e Direitos

A lei federal nº 13.257, conhecida como Marco Legal da Primeira Infância, foi tema de uma oficina para radialistas ministrada na quarta-feira 18, em São Paulo. A atividade, realizada pela ANDI – Comunicação e Direitos, contou com parceria da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e do PNUD Brasil.

Sancionado em março de 2016, o marco estabeleceu princípios e diretrizes para a formulação e implementação de políticas públicas com atenção aos primeiros anos do desenvolvimento infantil, até os 6 anos de idade, período conhecido como primeira infância. Entre as determinações da norma, estão a garantia do direito de brincar, instituição de direitos e responsabilidades iguais entre pais e mães e atenção especial às mães que optam por entregar filhos para adoção ou que estão em privação de liberdade.

A oficina apresentou o que é a primeira infância, abordou o desenvolvimento da criança durante o período e as especificações do Marco Legal. Além disso, também teve foco em debates e reflexões sobre a importância da mídia para divulgação dos direitos da criança e do adolescente, de maneira a oferecer subsídios, orientar e mobilizar profissionais de Comunicação para a cobertura do tema. A tarefa final foi realizar um exercício em grupo para a construção de uma grande reportagem sobre primeira infância.

Criança Feliz

O Marco Legal da Primeira Infância é uma das bases do programa Criança Feliz, do Governo Federal, cuja principal ação são as visitas domiciliares, uma estratégia de aproximação dos serviços com a família cadastrada para reconhecimento de características, potencialidades e necessidades individuais.

A analista de programa do PNUD Brasil Maria Teresa Amaral Fontes ressalta que o PNUD uniu esforços ao MDS para apoiar e acompanhar quatro milhões de crianças em situação de vulnerabilidade por meio de visitas domiciliares. Para Fontes, o principal desafio diz respeito ao alcance territorial da iniciativa, problemática que reafirma a importância das oficinas realizadas com radialistas.

"Acreditamos que o maior desafio do programa é expandir a iniciativa a todos os municípios do país e tornar conhecidos os fundamentos da importância do desenvolvimento integral das crianças na primeira infância. Assim, a oficina dos radialistas se apresenta como peça importante na capacitação de atores locais e contribuirá para que o país tenha um futuro mais promissor", afirma.

Icon of SDG 01 Icon of SDG 04 Icon of SDG 10

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

A ex-República jugoslava da Macedônia Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Suazilândia Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue