Proteger o meio ambiente e deixar um planeta mais próspero para futuras gerações está em suas mãos – literalmente.

Você deve imaginar que esses objetivos são imensos ou muito complicados para você resolver sozinho, mas, neste Dia Mundial do Meio Ambiente, você pode fazer um compromisso pessoal bem simples para combater a poluição gerada por plásticos, ao deixar de utilizar plásticos descartáveis.

Talvez você não saiba o que são plásticos descartáveis, mas você provavelmente os utilizou recentemente quando tomou água em garrafa ou refrigerante, usou um canudo, carregou verduras em um saquinho de supermercado ou mexeu seu café.

De fato, plásticos descartáveis são tão usados que o equivalente a uma imensa ilha de plástico, 3 vezes o tamanho da França, flutua neste instante entre a Califórnia e o Havaí, e uma sacola de plástico foi encontrada recentemente em uma profundidade de 36.000 pés na Fossa das Marianas (local mais profundo dos oceanos, situado no Pacífico).

E está ficando cada vez pior: 83% da nossa água da torneira contém partículas de plástico, e seus químicos tóxicos podem ser encontrados em nossa corrente sanguínea.

Com 1 milhão de garrafas d’água, feitas de plástico, compradas a cada minuto e até cinco trilhões de sacolas de plástico descartáveis usadas por ano, a poluição por plástico está ameaçando nosso ecossistema, nossa biodiversidade e nossa saúde, em um ritmo e escala nunca vistos.

Junte-se ao movimento global e faça um compromisso pessoal para “recusar o que você não pode reutilizar”.

A terra não é um planeta descartável. Suas ações podem fazer a diferença.

Icon of SDG 13

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue