Planetário Brasília
Foto: Agência Brasília.

Entre 19 e 23 de março, o Planetário de Brasília será transformado no “Planeta ODS”. O espaço fará referência aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, com base nos ODS 6 – Água potável e saneamento. O “Planeta ODS” terá mesas de debate com a participação de representantes de governos, sociedade civil e setor privado, exposições de imagens, exibição de filmes fulldome e curtas metragens. A programação será transversal ao Fórum Mundial da Água, que ocorrerá no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, entre 18 e 23 deste mês.

A abertura oficial do “Planeta ODS” será no dia 19 (segunda-feira), em evento fechado para convidados. A partir do dia 20, inicia-se a programação de mesas de debate, exibição de filmes no formato fulldome e curtas metragens. Serão 15 mesas de debate, entre os dias 19 e 23. Todas as discussões terão como ponto de partida o tem água. Com base na Agenda 2030, os participantes das mesas terão a oportunidade de debater, em diferentes momentos, a implementação dos diferentes eixos da Agenda 2030 (Paz, Pessoas, Planeta, Parcerias e Prosperidade), com base no ODS 6 – Água potável e saneamento.

Durante os quatro dias de programação, os visitantes do “Planeta ODS” participarção de debates sobre água e governança, colaboração do setor privado para o alcance das metas dos ODS 6, empreendedorismo e gestão de recursos hídricos e desenvolvimento rural sustentável. No dia 22, às 11 horas, será lançado o Relatório Mundial da Água 2018. O Grupo Assessor da ONU no Brasil para a Agenda 2030 também fará, ao longo do evento, o lançamento do Glossário do ODS 6, publicação que traz definições de termos e conceitos referentes às metas sobre àgua e saneamento.

 “Será um espaço de esforço coletivo para se promover um evento de qualidade, tendo como “pano de fundo” a integradora e positiva narrativa dos ODS. A visão dos ODS é integrada, mas, obviamente, durante o Fórum Mundial da Água, o objetivo em destaque é o ODS 6 – Água potável e saneamento, o qual dialoga com todos os outros Objetivos. A proposta do planetário é promover debates e exposições que conectam questões relacionadas à água, com base nos eixos da Agenda 2030: Paz, Pessoas, Planeta, Prosperidade e Parcerias”, afirmou o assessor sênior do PNUD no Brasil, Haroldo Machado Filho.  

O “Planeta ODS” é realizado por meio de uma parceria entre a Secretaria de Governo da Presidência da República, Governo de Brasília, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e o Centro Rio+. O evento também tem o apoio do Sistema ONU no Brasil, de representantes do setor privado, de governos e da sociedade civil. O acesso ao Planetário é gratuito, mas os visitantes devem, previamente, fazer a inscrição para participar das atividades, por meio do link: http://bit.ly/2oXpVuz.

Acesse aqui a programação completa.

Icon of SDG 06 Icon of SDG 14

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

A ex-República jugoslava da Macedônia Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Suazilândia Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue