Foto: Arquivo Ministério do Meio Ambiente

Soluções inovadoras para conservar a biodiversidade do mundo serão reconhecidas pelo Prêmio Pathfinder. A iniciativa da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), da Comissão Mundial de Áreas Protegidas (WCPA), do WildArk-A Movement for the Wild e do PNUD premiará em até 10 mil dólares ações desenvolvidas e implementadas por indivíduos, organizações e grupos. As inscrições estarão abertas até 15 de agosto.

O investimento insuficiente de financiamento e outros recursos em áreas protegidas é um desafio persistente que impede e enfraquece os esforços de conservação e o gerenciamento efetivo de áreas protegidas em todo o planeta.

Pesquisas indicam que o déficit de financiamento para áreas protegidas globalmente é estimado entre 30 e 35 bilhões de dólares por ano. No entanto, as áreas protegidas proporcionam um retorno econômico de até 50 para 1, além de fornecerem benefícios não econômicos.

O Prêmio Pathfinder 2018 busca identificar e valorizar soluções que abordaram esse problema. Serão reconhecidas as iniciativas excelentes e inovadoras para áreas protegidas e conservadas, desenvolvidas e implementadas por indivíduos, organizações ou grupos.

As soluções devem demonstrar:

  • Sucesso em financiamento ou recursos sustentáveis: adoção de novos tipos de financiamento sustentável ou recursos para uma ou mais áreas protegidas / conservadas;
  • Novas e adicionais fontes de receita ou meios para abordar as prioridades de forma sustentável;
  • Incremento significativo de financiamento ou recursos: aumentando drasticamente as receitas de áreas protegidas ou o acesso a recursos sem comprometer a integridade;
  • Parcerias de sucesso para financiamento / recursos: novas parcerias desenvolvidas com o setor privado ou a sociedade civil que alcancem novos financiamentos ou recursos;
  • Novas tecnologias: novas abordagens ou métodos para mobilizar, coletar, administrar ou desembolsar recursos financeiros e outros recursos para áreas protegidas;
  • Gestão para investimento: novas abordagens de gestão para atrair e possibilitar investimentos ou alcançar novas eficiências.

Os prêmios constituem em uma bolsa em dinheiro, bem como outras áreas de reconhecimento, levando em conta as submissões em todas as áreas temáticas listadas acima.

  • Vencedor total (individual ou organização): US$ 10.000
  • Segundo lugar (individual ou organização): US$ 2.000
  • Menção especial (a ser concedida a até três pessoas ou organizações): US$ 1.000 cada

Os vencedores também receberão uma placa e um certificado de conquista, promoção e visibilidade, além de um convite para a cerimônia de premiação. O prêmio será apresentado na 14ª reunião da Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (COP 14), que será realizada em Sharm El-Sheikh, Egito, entre 17 e 29 de novembro de 2018.

Para participar, os interessados devem preencher o formulário on-line https://www.surveymonkey.com/r/PathfinderAward  e enviar uma descrição da solução / inovação que está sendo nomeada como uma “Solução Completa” na plataforma web PANORAMA: https://panorama.solutions/en/solution/add. As inscrições devem ser feitas até 15 de agosto de 2018.

Para mais informações: https://bit.ly/2Llu45c ou pelo e-mail pathfinderaward@undp.org.

O prêmio deste ano é organizado em cooperação com a Iniciativa de Finanças para a Biodiversidade do PNUD (BIOFIN) e a iniciativa PANORAMA - Soluções para um Planeta Saudável.

Icon of SDG 13

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

A ex-República jugoslava da Macedônia Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Suazilândia Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue