Foto: Guilherme Larsen/PNUD.

Representantes de prefeituras de municípios do litoral Sul do Estado de São Paulo participaram, nesta terça-feira 29, da apresentação do projeto sobre a territorialização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Resultado de parceria entre a Petrobras e o PNUD, a iniciativa fortalecerá as capacidades dos atores locais para a implementação da Agenda 2030. Por meio da identificação de indicadores relativos às metas dos ODS, será possível promover políticas públicas para a erradicação da pobreza, o crescimento econômico inclusivo e a sustentabilidade ambiental, de forma integrada.

Em reunião na Prefeitura de Santos, representantes do PNUD e da Petrobras discutiram com gestores públicos do município ferramentas para acelerar a implementação da Agenda 2030. A identificação de indicadores locais, constituindo uma base de dados para a formatação de políticas públicas, será um dos benefícios do projeto. Com isso, prefeituras, sociedade civil e o setor privado poderão pautar o desenvolvimento em linha com as metas da Agenda 2030.

“Hoje o litoral de São Paulo e a Baixada Santista compartilham uma série de situações, e as cidades precisam estar unidas, por mar, terra ou ar e, principalmente, economicamente. Quanto mais nos unirmos na construção de uma política pública, mais poderemos ultrapassar todas as barreiras possíveis em prol do desenvolvimento sustentável. A gente tem que trabalhar junto, tem que consolidar esforços e ter uma agenda construtiva e realmente de realização. Temos que destravar o desenvolvimento para incrementar o crescimento econômico e sustentável no litoral paulista”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Santos, Marcos Liborio.

No município de Peruíbe, participaram da apresentação do projeto representantes das prefeituras das cidades de Iguape e Mongagua, além de gestores públicos locais. Na ocasião, foram debatidas as áreas de atuação do projeto e os principais objetivos para fortalecer a implementação da Agenda 2030.

“A territorialização é uma ótima oportunidade para fortalecermos um instrumento de gestão e planejamento das nossas políticas públicas. Dimensionando o que realmente temos como desafio diante de um diagnóstico, podemos nos subsidiar de informações e entender melhor nosso território e com certeza nos conectar com aquilo que é fundamental ao nosso desenvolvimento em diversas áreas”, disse a diretora do departamento de Agricultura e Meio Ambiente da cidade de Peruíbe, Rosângela Barbosa.

O projeto de territorialização dos ODS atenderá 110 municípios em 14 estados brasileiros. Após a apresentação da iniciativa a gestores públicos, sociedade civil e setor privado, serão produzidos indicadores para cada um dos municípios como forma de subsídio para a formatação de políticas públicas alinhadas às metas da Agenda 2030.

 

Icon of SDG 01 Icon of SDG 04 Icon of SDG 05 Icon of SDG 13 Icon of SDG 14 Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue