Foto: Pedro Nascimento

O papel da inovação e do direito à propriedade intelectual (PI) no estímulo, proteção e suporte às práticas esportivas é tema do ciclo de debates que a Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI) realizará, em parceria com o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e o PNUD, na próxima sexta-feira 26, Dia Mundial da Propriedade Intelectual.

O evento, no Rio de Janeiro (RJ), tem como objetivo dar visibilidade às estratégias de PI no benefício às práticas de esportes com iniciativas de lucro, promovendo o desenvolvimento. As rodas de conversa serão divididas em três eixos-centrais: estratégia de PI para o desenvolvimento esportivo, esporte como ferramenta para o desenvolvimento social e estudos de caso.

A analista de programa do PNUD Maria Teresa Amaral Fontes destaca a importância do debate e a promoção de parcerias para melhor posicionar o esporte e a atividade física na agenda nacional. "O PNUD se orgulha de co-organizar o Dia Mundial da Propriedade Intelectual sobre Esporte com a OMPI, pois entendemos que o esporte pode ser um importante vetor de desenvolvimento humano e promotor do bem-estar", afirma.

A expectativa é de que 100 pessoas participem das atividades, entre agentes de PI, funcionários públicos que lidam com o tema, ONGs dedicadas ao esporte e estudantes de cursos de pós-graduação da academia do INPI.

Além disso, o evento também contará com a presença de representantes de organizações convidadas, entre elas a Associação Brasileira de Agentes de Propriedade Intelectual (ABAPI), a Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (ABPI), a Atletas pelo Brasil, a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Instituto Ayrton Senna (IAS), o Instituto Esporte e Educação (IEE), o Japan Patent Office (JPO), Japan External Trade Organization (JETRO), a National Basketball Association (NBA), Rede Esporte pela Mudança Social (REMS), Comitê Intertribal de Memória e Ciência Indígena (ITC) e o United States Patent and Trademark Office (USPTO).

O Dia Mundial da Propriedade Intelectual foi designado pelos Estados-membros da OMPI, em 2000, para ampliar o conhecimento sobre o tema no mundo. A data escolhida, 26 de abril, corresponde à entrada em vigor da Convenção da OMPI, em 1970. Em 2019, 53 países promovem eventos em comemoração à data. 

Icon of SDG 03 Icon of SDG 09 Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue