Mulheres Resilientes = Cidades Resilientes

12 de dez de 2019

O primeiro Relatório de Desenvolvimento Humano Global – elaborado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) depois da adoção da Agenda 2030 – alerta para o fato de que, apesar de o mundo ter registrado, nas últimas décadas, avanços importantes no desenvolvimento humano, alguns grupos populacionais seguem vivendo em condições piores que a média da população. Entre esses grupos, destacam-se as mulheres, as populações rurais e alguns grupos étnico-raciais. Levando em conta o lema “Não deixar ninguém para trás”, que inspira a agenda de desenvolvimento sustentável acordada na Assembleia Geral das Nações Unidas, o documento afirmou que não será possível alcançar o desenvolvimento humano se metade do mundo é ignorado.

A desigualdade de gênero e a falta de empoderamento feminino são um desafio ao progresso global em todas as regiões. A superação desse desequilíbrio demanda uma série de esforços, que inclui a compreensão das realidades para além das médias dos países e dos territórios. Nesse sentido, vale a pena trazer os dados mais recentes do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no Brasil. Com um incremento de 0,001, o índice chegou a 0,759 em 2017, indicando um IDH alto. Entretanto, ao desagregar o dado por sexo, é possível identificar as diferenças entre a população masculina e feminina.

Apesar da maior expectativa de vida e do maior tempo de estudo, o IDH das mulheres segue abaixo do dos homens por conta da diferença de renda..

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue