Foto: Virada Sustentável RJ

Com apoio institucional do PNUD,  a próxima edição da Virada Sustentável ocorrerá na cidade do Rio de Janeiro entre 7 e 10 de junho. Neste ano, o festival terá um dia a mais do que a edição de 2017, e o objetivo é aumentar o engajamento da sociedade em relação ao tema “sustentabilidade”, usando elementos lúdicos, festivos e inspiradores como ferramentas, com base na Agenda 2030 e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A Virada Sustentável reúne atrações culturais, apresentações musicais, atividades infantis, oficinas, performances e rodas de conversa. No campo do conhecimento, estão previstos onze painéis com temas relevantes em sustentabilidade, conduzidos por especialistas e com a participação de representantes de governos, do setor privado e da sociedade civil.

O festival acontecerá em diversas regiões do Rio de Janeiro e também em outras cidades do Grande Rio. Pontos estratégicos como a Praça dos Arcos da Lapa, o Parque das Figueiras na Lagoa, o Museu de Arte do Rio (MAR), o Museu do Meio Ambiente no Jardim Botânico e o Parque Madureira serão cenários da Virada Sustentável 2018, com programação para todas as idades.

Assim como em sua primeira edição, todas as atividades têm entrada gratuita. Na edição de 2017, o festival promoveu mais de 400 atrações e ocupou 39 bairros em 84 locais do Rio de Janeiro. Todos os projetos que compõem a edição de 2018 - selecionados via chamada pública - têm conteúdo principal ligado a pelo menos um dos 17 ODS.

Sobre a Virada

A Virada Sustentável é o maior festival de mobilização e educação para a sustentabilidade do Brasil. Envolve cocriação, articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, escolas e universidades, empresas, coletivos e movimentos sociais. Teve sua primeira edição realizada em 2011, em São Paulo, e desde então vem ampliando seu escopo de atuação, promovendo edições em cidades como Sinop, Manaus, Salvador, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Em agosto de 2016, a sexta edição da Virada Sustentável na capital paulista reuniu cerca de 1,2 milhão de pessoas em mais de 800 atividades e atrações gratuitas espalhadas por mais de 130 lugares da cidade.

Em junho de 2017, o PNUD assinou um Memorando de Entendimento com o Instituto Virada Sustentável. Na parceria, estão previstas atividades para mobilização e disseminação da Agenda 2030 e dos ODS. O objetivo é promover a ação social colaborativa com diferentes setores da sociedade para garantir o alcance do desenvolvimento sustentável no país.

Mais informações sobre a Virada Sustentável podem ser acessadas aqui.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue