Transparência, participação social, fortalecimento do senso de coletividade, justiça, cidadania, responsabilidade e prevenção da corrupção são temas sérios – mas também podem ser abordados de maneira lúdica para promover o desenvolvimento. Com apoio do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e do programa Nordic Dialogue, o PNUD lança edital para seleção de propostas de desenvolvimento de jogo inédito sobre o tema.

As propostas podem ser inscritas até 13 de outubro e devem propor o desenvolvimento de jogo digital sobre um dos seguintes temas:

  • Estímulo a crianças, adolescentes e jovens para refletirem sobre o que é comportamento ético, e a importância de se monitorarem as políticas e orçamentos públicos em prol de uma sociedade mais pacífica, justa e inclusiva;
  • Fomento à transparência e à cidadania participativa em todos os poderes e todas as esferas de governo;
  • Criação de um ecossistema de solidariedade, colaboração mútua coesão social para melhorar a eficácia na solução de problemas que exigem ação coletiva e possam atuar na promoção de transparência/prevenção à corrupção;
  • Combate e prevenção à corrupção como elemento crucial para o desenvolvimento sustentável;
  • Fomento à cultura da integridade e responsabilidade.

O concurso selecionará um projeto para receber apoio financeiro de até USD 5 mil (cinco mil dólares americanos) para seu desenvolvimento. O game deve ser de interesse público, relacionado a um dos assuntos sugeridos acima e contemplar as plataformas Android, IOS e linguagem HTML5. O vencedor – pessoa física, jurídica ou grupo de pessoas – deve ter disponibilidade para participar da cerimônia de celebração da iniciativa, em 9 de dezembro, em Brasília (as despesas de translado nacional, acomodação e alimentação serão custeadas pelo PNUD).

"Queremos promover o debate e a conscientização sobre o tema e disseminar informações relevantes, utilizando ferramentas lúdicas de grande alcance, de modo a abranger diversos públicos", explica a oficial de programa do PNUD Moema Freire.

Os temas escolhidos são inspirados no ODS 16, que busca promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável. O jogo é uma ferramenta que pode promover o debate sobre a criação de ambientes eticamente saudáveis, que estimulem a construção coletiva de ferramentas de transformação social  e a participação da sociedade na promoção de ações nas áreas de integridade e transparência.

As candidaturas deverão ser enviadas conforme descrito no edital para michelle.santos@undp.org, até as 23 horas e 59 minutos da data limite (13/10/2019). O resultado final será divulgado em 30 de outubro; o edital completo está disponível aqui, na seção "Anúncios".

Icon of SDG 16

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue