Foto: Gustavo Raniere/ASCOM/Ministério da Economia

Acompanhar as transformações digitais e facilitar o pagamento de bens e serviços públicos são os principais objetivos do projeto "Meios de pagamento digital", desenvolvido pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) em parceria com o PNUD. A iniciativa visa à modernização da Guia de Recolhimento da União (GRU), documento do Ministério da Economia para recolhimento de receitas de Órgãos Públicos Federais – taxas, aluguéis de imóveis públicos, serviços administrativos e educacionais, multas, entre outras.

Atualmente, o pagamento por meio da GRU é restrito à forma de boleto. Além disso, alguns serviços oferecem a quitação em espécie como única alternativa à Guia de Recolhimento, e a confirmação de pagamento ocorre apenas dois dias depois.

O projeto prevê a realização de análise especializada para melhoria no atual processo de pagamento de GRU, com base na comparação de melhores práticas e a proposição de soluções ao setor público para um conjunto de cenários de pagamento, incluindo modernização dos meios.

"A ampliação dos meios de pagamento, quando o contexto é o setor público, facilitará o acesso a bens e serviços públicos, reduzirá os custos das transações e proporcionará uma melhor experiência ao cidadão", explica a analista de projeto do PNUD, Luciana Brant.

As ações vão ao encontro das metas estipuladas pelo Plano Estratégico Institucional da Secretaria do Tesouro Nacional para o quadriênio de 2018-2021, que estabelece, entre outras coisas, melhorar o relacionamento e a comunicação com a sociedade.

Icon of SDG 16 Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue