Foto: Rodrigo Almeida.

Boas práticas agrícolas, gestão de recursos hídricos, manejo do solo, monitoramento e estratégias de incentivo à produção sustentável de soja. Exemplos de como o cultivo de soja pode beneficiar o meio ambiente e a economia local são apresentados no livro “Matopiba: perspectivas sobre a sustentabilidade da soja”. A publicação reforça a premissa de interdependência entre a produção de alimentos e a conservação da natureza no Cerrado do Brasil. Profissionais dos setores público e privado, pesquisadores e agricultores contribuíram para o material com a descrição de diferentes abordagens para o cultivo sustentável do grão nos quatro estados do Matopiba: Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

O livro é resultado de uma série de diálogos no âmbito do Projeto Parceria para o Bom Desenvolvimento (Good Growth Partnership, em inglês), iniciativa que conta com recursos financeiros do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e que, no Brasil, é implementado pelo PNUD e executado pela Conservação Internacional (CI). A conciliação entre a produção de alimentos e a conservação da natureza é uma das premissas da iniciativa.

Por meio de experiências apresentadas no livro, é possível consultar informações sobre soluções baseadas na natureza, na região do Matopiba, que asseguram a produtividade e a rentabilidade de empreendimentos agrícolas, sem necessariamente devastar áreas de vegetação nativa. Além de apresentar exemplos de boas práticas, o livro também reforça a necessidade de fortalecimento do Cerrado como “corredor de sustentabilidade”, onde a atividade de produção de alimentos está sujeita a riscos climáticos, mas que pode gerar muitos benefícios para a região.

Parceria para o Bom Desenvolvimento

Além do PNUD e da Conservação Internacional, a iniciativa envolve também o Fundo Mundial para a Natureza (WWF), a Corporação Financeira Internacional (IFC) e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). Ao longo dos últimos anos, o projeto implementou ações para a fortalecer a produção sustentável da soja na região do Matopiba, fronteira agrícola formada por 337 municípios. O principal desafio é consolidar nesse território um modelo de produção nacional atrelado à conservação dos recursos naturais no Cerrado brasileiro. O projeto defende e encoraja o cumprimento do Código Florestal do Brasil, por meio do apoio à análise do Cadastro Ambiental Rural (CAR), além de ter como meta desenvolver medidas de proteção socioambientais para comunidades tradicionais, elaborar recomendações para políticas públicas e implementar um sistema de apoio aos produtores rurais, com o foco em práticas agrícolas com baixa emissão de carbono.

 

 

Icon of SDG 09 Icon of SDG 12 Icon of SDG 13 Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue