Foto: Rafael Martins - Salvador

O Programa de Capacitação para os municípios da segunda fase do projeto “Territorialização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” passará a ocorrer, a partir desta semana, de forma online. Por causa da pandemia da COVID-19, alunas e alunos dos municípios contemplados nesta etapa farão as capacitações de modo virtual. Não ocorrerá nenhuma alteração no conteúdo dos cursos, em relação às atividades já realizadas presencialmente. Os participantes terão a oportunidade de interagir com especialistas por meio de plataformas online e debater sobre os principais desafios e oportunidades para a implementação dos ODS no âmbito local. A iniciativa é resultado da parceria da Petrobras com o PNUD.

Até o mês de novembro, ocorrerão diversas oficinas interativas para capacitar os participantes nos seguintes temas: mobilização de parcerias para a implementação de projetos de desenvolvimento local, alinhamento de planos municipais aos 17 ODS, monitoramento de avanço de indicadores municipais, formas de mobilização da comunidade local, formatação de projetos e captação de recursos. Todo o conteúdo abordará a integração de políticas públicas para a erradicação da pobreza, o crescimento econômico inclusivo e a proteção ambiental, de forma integrada, com foco nas metas dos ODS.

Ao final do curso, os participantes serão certificados como “Multiplicadores ODS”. A formação de grupos ODS por municípios, com o foco de planejar e implementar ações de aceleração do desenvolvimento sustentável local, também será abordada nas capacitações. Além de gestores públicos locais, representantes da sociedade civil organizada e do setor privado dos municípios serão convidados a participar das atividades.

Projeto

As atividades do projeto “Territorialização e Aceleração dos ODS” começaram em janeiro de 2019. O foco da ação é ampliar as capacidades locais dos municípios para fortalecer o desenvolvimento econômico, social e ambiental dessas cidades, com base na Agenda 2030. Ações integradas entre os governos, a sociedade civil organizada e o setor privado também são fortalecidas por meio da iniciativa. Na primeira fase de implementação do projeto, 116 municípios, das cinco regiões do país, participaram das atividades de mobilização e disseminação da Agenda 2030.

Confira abaixo o calendário dos Programas de Capacitação

Semana 1: 15-18/09

Cubatão (SP), Caraguatatuba (SP), Ubatuba (SP), Ilhabela (SP), São Sebastião (SP), São Gonçalo (RJ), Saquarema (RJ), Duque de Caxias (RJ)

Semana 2: 21-25/09

Macaé (RJ), Rio das Ostras (RJ), São Francisco de Itabapoana (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), São João da Barra (RJ), Laranjeiras (SE), Carmópolis (SE), Riachuelo (SE), Itaporanga (SE), D’ajuda (SE)

Semana 3: 28/09 – 02/10

Ilhabela (SP), São Sebastião (SP), Cubatão (SP), Caraguatatuba (SP), Ubatuba (SP), São Gonçalo (RJ), Saquarema (RJ), Duque de Caxias (RJ)

Semana 4: 05-09/10

Macaé (RJ), Rio das Ostras (RJ), São Francisco de Itabapoana (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), São João da Barra (RJ), Laranjeiras (SE), Carmópolis (SE), Riachuelo (SE), Itaporanga (SE), D’ajuda (SE)

Semana 5: 13-16/10

Cubatão (SP), Caraguatatuba (SP), Ubatuba (SP), Ilhabela (SP), São Sebastião (SP), São Gonçalo (RJ), Saquarema (RJ), Duque de Caxias (RJ)

Semana 6: 19-23/10

Macaé (RJ), Rio das Ostras (RJ), São Francisco de Itabapoana (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), São João da Barra (RJ), Laranjeiras (SE), Carmópolis (SE), Riachuelo (SE), Itaporanga (SE), D’ajuda (SE)

Semana 7: 26-30/10

Cubatão (SP), Caraguatatuba (SP), Ubatuba (SP), Ilhabela (SP), São Sebastião (SP), São Gonçalo (RJ), Saquarema (RJ), Duque de Caxias (RJ)

Semana 8: 03-06/09

Macaé (RJ), Rio das Ostras (RJ), São Francisco de Itabapoana (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), São João da Barra (RJ), Laranjeiras (SE), Carmópolis (SE), Riachuelo (SE), Itaporanga (SE), D’ajuda (SE)

 

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue