--- Image caption ---

A Rede Brasil do Pacto Global alcançou a marca de 1 mil empresas e organizações participantes, com um acréscimo de 250 entre janeiro e outubro deste ano.

Foi o maior avanço entre todas as redes existentes no mundo até o momento, de acordo com o presidente do Conselho de Administração da Rede Brasil do Pacto Global, Rodolfo Sirol.

“É um marco a ser comemorado e que gera esperança por dias melhores. Como comparação, durante todo o ano passado, conquistamos 181 membros”, explicou.

Vinculada ao PNUD Brasil, a Rede acessa o conhecimento das diversas agências e programas das Nações Unidas e conta com o envolvimento do poder público, de instituições de ensino e da sociedade civil para gerar impacto.

Para celebrar o engajamento de empresas e organizações com os Dez Princípios e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a Rede Brasil fará uma mobilização nas redes sociais nesta quarta-feira (18).

Os apoiadores são convidados a publicar materiais visuais (disponíveis aqui) com a legenda: “Fazemos parte deste movimento em prol dos Dez Princípios do Pacto Global e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. (inserir informações de cada organização – o que vem fazendo para contribuir com os ODS). Saiba mais: @pactoglobalbr (no Facebook, Instagram e Twitter) / @redebrasildopactoglobal (no LinkedIn)”.

Lançado em 2000 pelo então secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, o Pacto Global é uma chamada para as empresas alinharem suas estratégias e operações a 10 princípios universais nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e desenvolverem ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios globais.

Trata-se da maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, com cerca de 14 mil membros em 70 redes locais, que abrangem 160 países.

No país desde 2003, a Rede Brasil conduz projetos dentro das seguintes Plataformas de Ação: Água e Saneamento, Alimentos e Agricultura, Energia e Clima, Direitos Humanos e Trabalho, Anticorrupção, Engajamento e Comunicação e ODS.

“Vivemos um momento sem precedentes na história recente do planeta, com a pandemia do coronavírus. Os impactos sociais, ambientais e econômicos provocados pela COVID-19 e pelo isolamento social geram reflexão sobre o futuro que queremos”, disse Sirol.

“Voltaremos ao ‘normal’ de antes da pandemia ou a um contexto de desenvolvimento econômico com sustentabilidade?”, questionou. “Vamos juntos e juntas celebrar esta conquista e trabalhar por um futuro mais sustentável.”

 

 

Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue