Foto: Marcos Amend.

 

Promover a conservação e a recuperação da vegetação nativa nos nove estados da Amazônia Legal, fortalecer o mercado de Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) e incentivar a inovação na região. Esses e outros objetivos do Projeto Floresta+ Amazônia são apresentados nos dois vídeos institucionais do projeto, já disponíveis nos sites do projeto e do PNUD Brasil.  Além de ressaltar as ações que serão implementadas até 2026, os materiais apresentam informações sobre os grupos de beneficiários, resultados esperados e regras de participação.

Por meio das ações nos estados da Amazônia Legal, o projeto está alinhado com os objetivos globais de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, compromisso assumido pelos países-membros da ONU em 2015, com a assinatura do Acordo de Paris. O primeiro vídeo do projeto explica que o Brasil é peça-chave nesse processo, pelo tamanho da área de vegetação nativa, recursos naturais no território e pelos povos que vivem nessas regiões.

Voltado para os potenciais beneficiários, o segundo vídeo apresenta detalhes sobre os objetivos e regras de participação nas quatro modalidades do projeto – Conservação, Recuperação, Comunidades e Inovação. No conteúdo, pequenos produtores rurais e agricultores familiares, povos indígenas e povos e comunidades tradicionais e empreendedores e inovadores podem saber mais detalhes sobre as modalidades específicas e requisitos mínimos de participação.

Com a produção de conteúdos multimídia, o Projeto Floresta+ Amazônia tem o objetivo de divulgar as ações, a implementação e os resultados do projeto junto aos potenciais beneficiários, doadores e público em geral. Periodicamente, serão apresentados conteúdos multimídia para incentivar a adesão às modalidades, registrar o impacto do projeto na vida dos beneficiários e apresentar o projeto como ferramenta para fortalecer a conservação e a recuperação da vegetação nativa na Amazônia Legal.

Clique aqui para conferir os vídeos do projeto.

Acesse mais informações sobre o projeto no site www.florestamaisamazonia.org.br.

 

Icon of SDG 13 Icon of SDG 17

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD Brasil 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue